Grupo de Apicultura da Comunidade de Gaiola Grande

GRUPO DE APICULTURA DA COMUNIDADE de GAIOLA GRANDE

Município: PRESIDENTE VARGAS

Setor: COROATÁ -MA

O projeto de criação de abelha da Comunidade Gaiola Grande é formado por um grupo de quatro famílias. Duas delas são líderes e as outras são acompanhadas pela Pastoral da Criança. José Adeilson, um dos participantes do grupo, conta que possuía duas caixas de abelhas e seu sonho era de ampliar este número. Com a chegada do Projeto “Vencer Juntos” na comunidade o mesmo viu a oportunidade de juntos com outras famílias, realizarem o sonho, mas de forma coletiva. Em 2007  com a aprovação do projeto, as famílias investiram R$ 9885,00 na compra de 40 caixas (ninhos), melgueiras, 01 centrifuga, 01 decantador, baldes, canecos, crivo, ceras e etc.

Somente um ano após a implantação do projeto é que  conseguiram estabilizar as colmeias e com a primeira colheita e venda do mel em agosto de 2008 conseguiram uma renda liquida de R$ 170,00. No inicio de 2009 o grupo já tinha um saldo de reserva para futuros investimentos na atividade. Neste mesmo ano, com a segunda colheita foram  participar da Feira de Economia Solidária regional e obteve boas vendas.  O grupo vem lutando e trabalhando com afinco, organização e incansavelmente para obter uma produção de mel satisfatória. Com a estabilização e manejo das colmeias, o projeto nunca parou de dar resultados, já contribuindo duas vezes para o Fundo Rotativo Solidário, apesar das condições ambientais e climáticas severas da região.

As atividades de manejo são realizadas sempre de forma coletiva, tanto pela necessidade e facilidade do trabalho dispensado na atividade, quanto pelo perigo de manuseio das mesmas, sozinhos. Os apiários (local onde ficam as colmeias), estão distribuídos  em três propriedade da Associação  Comunitária do Assentamento, que está  de acordo e apóia o funcionamento do projeto na área. O projeto nunca parou de dar resultados, apesar da baixa produção.

A comercialização é de acordo com o ciclo de produção (dependendo da região e manejo pode ser feito até três colheitas por ano), e é realizado  na cidade de Presidente Vargas, nas comunidades vizinhas, nas feiras da Economia Solidária e por encomendas. José do Lago outro integrante do grupo fala que: “antes do Projeto chegar na comunidade o conhecimento que eles tinham sobre produção de mel era só de forma artesanal (onde para adiquirir o mel era preciso queimar os enxames, matando as abelhas e causando danos ao meio ambiente). Hoje com a contribuição do Projeto Vencer Juntos muita coisa mudou: desde a organização do grupo até a manipulação do produto, obedecendo as questões de higiene e limpeza.”

O grupo participou  da criação da Associação de Famílias Vencendo Juntos na Economia Solidária-AFAVEJES,  do setor Coroatá. Esta participação ativa resultou na escolha de um integrante deste grupo, José do Lago,  como o primeiro presidente  da AFAVEJES, e o sucesso do trabalho desenvolvido pelo grupo de Geração de Renda na comunidade chamou a atenção de outras famílias do assentamento, que juntas criaram também um  novo grupo, para  trabalhar com a plantação de mandioca.

 

Contribuição de José Adeilso e José do Lago.

Contatos Equipe Vencer Juntos de Coroatá: Libano, Marcos e Mariane

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.