Horta - Comunidade de Quilombo Catucá

Horta - Comunidade Remanescente de Quilombo Catucá

A Comunidade Catucá, onde todas as famílias são descendentes do povo quilombola, fica a 20km da sede do município de Bacabal, Maranhão.
Com muita luta e resistência as famílias conquistaram a terra onde hoje vivem e trabalham. A Igreja, entidades ligadas a luta pela terra e outras comunidades apoiaram as famílias nessa luta:

Foi difícil conseguir esse reconhecimento de comunidade quilombola, não tinha ninguém que apoiava a idéia no começo. Hoje o Governo e outras entidades beneficiam a gente, servindo nosso direito como povo quilombola que somos,” diz Dona Bonequinha, uma das lideres da comunidade.

Com a existência da Pastoral da Criança na comunidade, dezenove famílias acompanhadas uniram-se para formar um grupo e desenvolver a atividade de horticultura, em terra da comunidade cedida pela Associação local. Depois de uns meses de organização, planejamento e elaboração do Projeto, o grupo recebeu, em julho de 2007, o valor de R$ 3.671,00 do Projeto Vencer Juntos para implantar uma horta em dois hectares.


A horta oferece uma alternativa de trabalho e melhoria de renda às famílias, principalmente para as mulheres, que antes trabalhavam com o extrativismo do coco babaçu. Para sustentar a família, dependiam dos homens da família que tinham que sair da comunidade para limpar pastagens de fazendas de gado nos arredores. Os produtos são diferenciados, já que a horta é trabalhada com técnicas agro-ecológicas e não se utilizam produtos químicos para fertilizar ou combater pragas.

Hoje as famílias vendem as hortaliças na feira livre de Bacabal e para sacolões de verduras, na própria comunidade, no povoado vizinho Bom Principio e para atravessadores de outro município. Recentemente, se inscreveram no Programa de Aquisição de Alimentos-PAA, e começarão fornecer para escolas e outras instituições no município.

Os R$ 250,00 que cada família consegue receber, em média, com a venda das hortaliças por mês representa uma contribuição importante para o orçamento da família, e o consumo das verduras melhorou a alimentação. Além de aumentar a renda das famílias, o grupo já conseguiu devolver quatro prestações para o fundo rotativo solidário do Projeto Vencer Juntos, um patrimônio que pertence à Associação dos grupos a ser criada no Setor.

Graças a sua forte organização, a comunidade Catucá conseguiu captar outros beneficícios para as famílias, inclusive um investimento para melhorar as casas e o apoio do PETI, além da escavação de um poço artesiano de grande vazão para fornecer água para a horta e para o consumo da comunidade. A história de luta e os projetos bem sucedidos tornaram a comunidade conhecida no município: o Jornal e a televisão local já divulgaram matérias sobre a comunidade e a horta, e muitas visitas chegam para conhecer a experiência. Com isso, a auto estima das famílias melhorou e se sentem estimuladas para implantar outros projetos.

“A Pastoral da Criança com esse projeto trouxe pra mim e pra as outras pessoas daqui o orgulho de saber trabalhar e ganhar nosso dinheiro com honestidade junto com todos que trabalha na horta que é o lugar mais bonito e bom da comunidade. Estou muito feliz com a horta”., diz Deusa, uma das participantes.

Contatos equipe Vencer Juntos: Antônio Jakson e Francisca Gárdina.
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Município Bacabal, Maranhão